EFEITOS DE UM PROGRAMA DE (TELE)REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA NA PESSOA COM COVID-19: UM ESTUDO DE CASO
PDF

Descritores

COVID-19
Telereabilitação
Reabilitação respiratória
Enfermagem em Reabilitação

Categorias

Como Citar

1.
Silva L, Mota Ângela, Sousa L. EFEITOS DE UM PROGRAMA DE (TELE)REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA NA PESSOA COM COVID-19: UM ESTUDO DE CASO. Rev Port Enf Reab [Internet]. 17 de Novembro de 2020 [citado 24 de Outubro de 2021];3(Sup 2):23-8. Disponível em: http://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/76

Citações

Dimensions

Resumo

Introdução: as pessoas com COVID-19 apresentarão na sua maioria formas leves a moderadas da doença e permanecerão no seu domicílio sob acompanhamento telefónico. A pessoa deve manter acompanhamento especializado levando à otimização do seu processo de cura, sem complicações associadas, responsáveis por reinternamentos.

Objetivo: Descrever os ganhos em conhecimento e em aprendizagem de capacidades com a implementação de programa de telereabilitação numa pessoa com dispneia, ansiedade e alteração do fluxo expiratório em contexto de COVID 19.

Método: Estudo de abordagem quantitativa e qualitativa, tipo estudo de caso. Refere-se a um caso de uma pessoa com 53 anos com COVID 19 com internamento hospitalar seguido de alta com isolamento domiciliário. Foi feita uma intervenção com recurso a telereabilitação, através de 4 vídeos. Foram atendidos os princípios éticos em investigação.

Resultados: Foram evidenciados ganhos na capacitação da pessoa a nível do controlo da dispneia, na redução da ansiedade e depressão e no fluxo aéreo.

Conclusão: O recurso à telereabilitação em contexto de COVID 19 pode trazer benefícios na capacitação da pessoa no controlo de sintomas, permitir a recuperação da pessoa no seu domicílio e evitar o internamento hospitalar.

https://doi.org/10.33194/rper.2020.v3.s2.3.5783
PDF

REFERÊNCIAS

Kakodkar P, Kaka N, Baig M. A Comprehensive Literature Review on the Clinical Presentation, and Management of the Pandemic Coronavirus Disease 2019 (COVID-19). Cureus. 2020;2019(4).

Ordem dos Enfermeiro - Colégio de Enfermagem de Reabilitação. ORIENTAÇÕES – COVID-19 Cuidados de Enfermagem de Reabilitação para pessoas com COVID-19. 2020;1–7.

Direção Geral da Saúde. 2020;(ASSUNTO: Prevenção e Controlo de Infeção por SARS-CoV-2 (COVID-19): Equipamentos de Proteção Individual (EPI)):1–7.

World Health Organization. Home care for patients with suspected novel coronavirus ( nCoV ) infection presenting with mild symptoms and management of contacts. Who. 2020;(January):4–6.

Ordem dos Enfermeiros. Guia Orientador de Boa Prática -Reabilitação respiratória [Internet]. Ordem dos Enfermeiros. 2018. 1–294 p. Available from: https://www.ordemenfermeiros.pt/media/5441/gobp_reabilitação-respiratória_mceer_final-para-divulgação-site.pdf

Ordem dos Enfermeiros. Regulamento n.o 392/2019 - Regulamento das Competências específicas do enfermeiro especialista em Enfermagem de Reabilitação. Diário da Républica, 2a série - no 85 - 3 maio 2019 [Internet]. 2019;13565–8. Available from: https://dre.pt/home/-/dre/122216893/details/maximized

da Costa CC, de Azeredo Lermen C, Colombo C, Canterle DB, Machado MLL, Kessler A, et al. Efeito de um Programa de Reabilitação Pulmonar nos níveis de ansiedade e depressão e na qualidade de vida de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crónica. Rev Port Pneumol. 2014;

Almojaibel A. Delivering pulmonary rehabilitation for patients with chronic obstructive pulmonary disease at home using telehealth: A review of the literature. Saudi J Med Med Sci. 2016;4(3):164.

Holland AE, Hill CJ, Rochford P, Fiore J, Berlowitz DJ, McDonald CF. Telerehabilitation for people with chronic obstructive pulmonary disease: Feasibility of a simple, real time model of supervised exercise training. J Telemed Telecare. 2013;19(4):222–6.

Gagnier JJ, Kienle G, Altman DG, Moher D, Sox H, Riley D, et al. The CARE guidelines: Consensus-based clinical case report guideline development. J Diet Suppl. 2013;10(4):381–90.

de Andrade SR, Ruoff AB, Piccoli T, Schmitt MD, Ferreira A, Xavier ACA. O estudo de caso como método de pesquisa em enfermagem: Uma revisão integrativa. Texto e Context Enferm. 2017;26(4):1–12.

Nunes L. Considerações éticas a atender nos trabalhos de investigação académica de enfermagem. 2013;

da Rocha Camargo LAC, de Castro Pereira CA. Dispneia em dpoc: Além da escala modified Medical Research Council. J Bras Pneumol. 2010;36(5):571–8.

Telles-Correia D, Barbosa A. Ansiedade e depressão em medicina: Modelos teóricos e avaliação. Acta Med Port. 2009;22(1):89–98.

Vanzeller C, Williams A, Pollock I. Comparison of bench test results measuring the accuracy of peak flow meters. BMC Pulm Med. 2019;19(1):1–5.

Cordeiro M do CO. Terapêutica Inalatória - Princípios, Técnica de inalação e Dispositivos Inalatórios. Lisboa; 2014. 170 p.

Ordem dos Enfermeiros. Padrão Documental dos Cuidados de Enfermagem de Reabilitação. 2015; Available from: http://www.ordemenfermeiros.pt/colegios/Documents/2015/MCEER_Assembleia/PadraoDocumental_EER.pdf

Tamara A, Tahapary DL. Obesity as a predictor for a poor prognosis of COVID-19: A systematic review. Diabetes Metab Syndr Clin Res Rev [Internet]. 2020;14(4):655–9. Available from: https://doi.org/10.1016/j.dsx.2020.05.020

Garg S, Kim L, Whitaker M, O’Halloran A, Cummings C, Holstein R, et al. Hospitalization Rates and Characteristics of Patients Hospitalized with. Morb Mortal Wkly Rep. 2020;69(15):458–64.

Hansen H, Bieler T, Beyer N, Kallemose T, Wilcke JT, Østergaard LM, et al. Supervised pulmonary tele-rehabilitation versus pulmonary rehabilitation in severe COPD: a randomised multicentre trial. Thorax. 2020;75(5):413–21.

Mukaino M, Tatemoto T, Kumazawa N, Tanabe S, Kato M, Saitoh E, et al. Staying active in isolation: Telerehabilitation for individuals with the SARS-CoV-2 infection. Am J Phys Med Rehabil. 2020;99(6):478–9.

Houchen-Wolloff L, Steiner MC. Pulmonary rehabilitation at a time of social distancing: prime time for tele-rehabilitation? Thorax. 2020;75(6):446–7.

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0.

Direitos de Autor (c) 2020 Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação

Downloads

Não há dados estatísticos.
762 visualizações

eISSN: 2184-3023 | pISSN: 2184-965X         Identificadores:   Crossref logo   Crossref logo      Revisores:    

Indexado em: