IMPACTO DE UM TREINO PROPRIOCETIVO NA CAPACIDADE FUNCIONAL DOS IDOSOS
PDF

Descritores

enfermagem de reabilitação
proprioceção
envelhecimento
capacidade funcional

Categorias

Como Citar

1.
Garcia S, Cunha M, Mendes E, Preto L, Novo A. IMPACTO DE UM TREINO PROPRIOCETIVO NA CAPACIDADE FUNCIONAL DOS IDOSOS. Rev Port Enf Reab [Internet]. 28 de Junho de 2019 [citado 5 de Dezembro de 2021];2(1):102-7. Disponível em: https://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/134

Citações

Dimensions

Resumo

Introdução: O envelhecimento humano acarreta uma diminuição da capacidade funcional dos idosos, sendo o exercício físico fundamental para a melhorar.

Objetivo: Avaliar os efeitos de um programa de Enfermagem de Reabilitação de treino propriocetivo na capacidade funcional num grupo de idosos.

Método: Estudo quasi-experimental com avaliação antes e após intervenção. A amostra é constituída por 24 idosos distribuídos pelo grupo de intervenção (n=12) e grupo de controlo (12). O programa de intervenção incluiu 24 sessões ao longo de 12 semanas de implementação. Foram utilizados como instrumentos de medida o teste de equilíbrio unipodal, o Índice de Tinetti para equilíbrio e marcha e aptidão física pela bateria de testes de Rikli & Jones.

Resultados: No grupo de intervenção houve evolução positiva relativamente a todas as variáveis avaliadas, com diferenças estatisticamente significativas nos dois momentos de avaliação. No grupo de controlo não se verificaram alterações com significado estatístico.

Conclusão: Este programa de treino propriocetivo demonstrou ganhos na capacidade funcional dos idosos.

https://doi.org/10.33194/rper.2019.v2.n1.12.4560
PDF

REFERÊNCIAS

Manna L, Mota CB, Lopes LFD, Rossi AG, Teixeira CS, Kleinpaul JF. Investigação do equilíbrio corporal em idosos. Rev Bras Geriatr Gerontol [Internet]. 2008;11(2):155–65. Available from: http://www.redalyc.org/pdf/4038/403838778003.pdf

Cabral MV, Ferreira PM. Envelhecimento activo em Portugal?: trabalho, reforma, lazer e redes sociais [Internet]. Fundac?a?o Francisco Manuel dos Santos; 2014 [cited 2019 Feb 24]. 141 p. Available from: http://repositorio.ul.pt/handle/10451/23416

Zanardini FH, Zeigelboim BS, Jurkiewicz AL, Marques JM, Bassetto JM. Reabilitação vestibular em idosos com tontura. Pro-Fono Rev Atualização Cient. 2007;19(2):1–7.

Marcon Alfieri, Fábio; Leite de Moraes MC. Envelhecimento e o controle postural. Saúde Colet [Internet]. 2008 [cited 2019 Feb 24];4(19):30–3. Available from: https://www.redalyc.org/html/842/84201907/

Silvestre MV, Lima WC de. Importância do treinamento proprioceptivo na reabilitaçäo de entorse de tornozelo. Fisioter Mov. 2003;16(2):27–34.

Sayuri Tookuni K, Bolliger Neto R, Martins Pereira CA, Rúbio de Souza D, Greve JMD, Ayala AD. Análise comparativa do controle postural de indivíduos com e sem lesão do ligamento cruzado anterior do joelho. Acta Ortop Bras. 2005;13(3).

Rossato CE, Lemos LFC, Teixeira CS, Pranke GI, Mota CB. Proprioceção no esporte: uma revisão sobre a prevenção e recuperação de lesões desportivas. Saúde (Santa Maria). 2013;39(2):57–70.

Sanglard RCF, Pereira JS. A influência do isostretching nas alterações dos parâmetros da marcha em idosos. Fisioter Bras. 2005;6(4):255–60.

Buksman S, Vilela AL. Instabilidade postural e quedas. In: Saúde do idoso: a arte de cuidar. 2ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Interciência; 2004:208–18.

Arena R, Myers J, Williams MA, Gulati M, Kligfield P, Balady GJ, et al. Assessment of functional capacity in clinical and research settings: a scientific statement from the American Heart Association Committee on Exercise, Rehabilitation, and Prevention of the Council on Clinical Cardiology and the Council on Cardiovascular N. Circulation. 2007;116(3):329–43.

Coelho C de F, Burini RC. Atividade física para prevenção e tratamento das doenças crônicas não transmissíveis e da incapacidade funcional. Rev Nutr. 2009;937–46.

Brouwer BJ, Walker C, Rydahl SJ, Culham EG. Reducing fear of falling in seniors through education and activity programs: a randomized trial. J Am Geriatr Soc. 2003;51(6):829–34.

Eyigor S, Karapolat H, Durmaz B. Effects of a group-based exercise program on the physical performance, muscle strength and quality of life in older women. Arch Gerontol Geriatr. 2007;45(3):259–71.

Avelar BP. Efeitos de um circuito de exercícios sensoriais na força muscular, equilíbrio e desempenho funcional de mulheres idosas. Dissertação (Mestrado em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília; 2013.

Kim K, Piao Y-J, Kim N-G, Kwon T-K. Characteristic analysis of the isokinetic strength in lower limbs of the elderly on training for postural control. Int J Precis Eng Manuf. 2010;11(6):955–67.

Donat H, Özcan A. Comparison of the effectiveness of two programmes on older adults at risk of falling: unsupervised home exercise and supervised group exercise. Clin Rehabil. 2007;21(3):273–83.

Fu S, Low Choy N, Nitz J. Controlling balance decline across the menopause using a balance-strategy training program: a randomized, controlled trial. Climacteric. 2009;12(2):165–76.

Sousa FLG de. Academia Sénior: um contributo para a aptidão funcional dos idosos Tese Mestrado Gerontologia Social. Centro de Tecnologias de Saúde. Funcha; 2014.

Lustosa LP, de Oliveira LA, da Silva Santos L, de Cássia Guedes R, Parentoni AN, Pereira LSM. Efeito de um programa de treinamento funcional no equilíbrio postural de idosas da comunidade. Fisioter e Pesqui. 2010;17(2):153–6.

Nascimento LCG do, Patrizzi LJ, Oliveira C. Efeito de quatro semanas de treinamento proprioceptivo no equilíbrio postural de idosos. Fisioter mov. 2012;25(2):325–31.

Silva C, Silva B, Pimentel T, Souza J, Januário P, Cruz A. Análise do equilíbrio em idosas após a realização dos exercícios de Frenkel. Rev Saúde e Desenvolv. 2018;12(10):210–23.

Costa JNA, Gonçalves CD, Rodrigues GBA, Paula AP, Pereira MM, Safons MP. Exercícios multissensoriais no equilíbrio e na prevenção de quedas em idosos. EFDeportes com. 2009;

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0.

Direitos de Autor (c) 2019 Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação

Downloads

Não há dados estatísticos.
409 visualizações

eISSN: 2184-3023 | pISSN: 2184-965X         Identificadores:   Crossref logo   Crossref logo      Revisores:    

Indexado em: