Revisão de Literatura: Impacto das intervenções de enfermagem na taxa de reinternamento da pessoa com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica
PDF

Palavras-chave

Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica
Cuidados de enfermagem
Readmissão Hospitalar

Categorias

Como Citar

1.
Pacheco S, Alves T, Alves TR. Revisão de Literatura: Impacto das intervenções de enfermagem na taxa de reinternamento da pessoa com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica. Rev Port Enf Reab [Internet]. 4 de Janeiro de 2024 [citado 5 de Março de 2024];7(1):e360. Disponível em: https://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/360

Citações

Dimensions

Resumo

Introdução: A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) representa um encargo substancial para os sistemas de saúde devido à sua natureza crónica e à frequência de episódios agudos que necessitam de hospitalização. A prevenção e o tratamento eficazes desta doença são possíveis e cruciais. As intervenções de enfermagem podem ter um papel vital na melhoria da capacidade funcional e emocional dos pacientes, incentivando a autogestão, a adesão ao tratamento e a adoção de comportamentos saudáveis.

Objetivo: Sintetizar a evidência científica sobre o impacto que as intervenções de enfermagem têm na taxa de readmissões hospitalares da pessoa com DPOC.

Metodologia: Revisão sistemática da literatura de acordo com a metodologia do Joanna Briggs Institute. Definiram-se critérios de inclusão e a pesquisa booleana, na EBSCOhost e TripDatabase.

Resultados: Foram incluídos cinco artigos para efeitos desta revisão. Os estudos retratam as componentes de suporte educacional e de capacitação da pessoa para a autogestão da doença e regime terapêutico pelo enfermeiro. Estas intervenções têm impacto positivo na qualidade de vida da pessoa com DPOC e consequentemente na diminuição no tempo de internamento e das readmissões hospitalares.

Conclusão: A pesquisa revelou uma variedade de abordagens eficazes implementadas por enfermeiros especialistas. Os resultados indicam que as intervenções de enfermagem desempenham um papel crucial nos programas de intervenção para pacientes com DPOC, sugerindo uma possível melhoria na qualidade de vida e uma redução nas readmissões hospitalares.

https://doi.org/10.33194/rper.2024.360
PDF

Referências

Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease. GOLD Pocket Guide to COPD Diagnosis, Management, and Prevention - A Guide for Health Care Professionals. 2020 edition. Gold; 2020. Disponível em: https://goldcopd.org/wp-content/uploads/2020/03/GOLD-2020-POCKET-GUIDE-ver1.0_FINAL-WMV.pdf

Cordeiro MCO, Menoita ECPC. Manual de Boas Práticas na Reabilitação Respiratória – Conceitos, Princípios e Técnicas. 1ª edição. Loures: Lusociência; 2012.

Santos AC. 13o Relatório do Observatório Nacional das Doenças Respiratórias 2016/2017: Panorama das doenças respiratórias em Portugal. Retrato da saúde 2018-O estado da Saúde em Portugal. 2018. Disponível em: http://respirarmelhor.pt/wp-content/uploads/2019/08/Relat%C3%B3rio-do-Observat%C3%B3rio-Nacional-de-Doen%C3%A7as-Respirat%C3%B3rias-ONDR-2018.pdf

Dressler Garske CC, de Borba Schneiders P, Gonçalves da Silva AL, Carvalho LL. Custo de exacerbações em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica submetidos a um programa de reabilitação pulmonar. Revista De Epidemiologia E Controle De Infecção. 2018;8(3):204-209. Disponível em: https://doi.org/10.17058/reci.v8i3.11093

Araújo, A. M. S. D. de. DPOC: estamos a tratar os doentes conforme o estado da arte? Revista Portuguesa De Medicina Geral E Familiar. 2016;32(3):222–6. Disponível em: https://doi.org/10.32385/rpmgf.v32i3.11795

Direção-Geral da Saúde [DGS]. Programa Nacional para as Doenças Respiratórias 2012-2016. 2ª edição: novembro de 2013 (Revisão da 1ª edição de abril de 2012). 1–18. Disponível em: https://nocs.pt/programa-nacional-doencas-respiratorias/

Direção-Geral da Saúde [DGS]. Norma Clínica no 005/2019: Diagnóstico e Tratamento da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica no Adulto. Diagnóstico e Tratamento Da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica No Adulto. 2019;1-18. Disponível em: https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/normas-e-circulares-normativas/norma-n-0052019-de-260820191.aspx

Aromataris E, Munn Z (Editors). JBI Manual for Evidence Synthesis. JBI, 2020. [Internet]. 2020. [cited 2023 Jul 14]. Available from: https://synthesismanual.jbi.global. ISBN:978-0-6488488-0-6. Disponivel em: https://doi.org/10.46658/JBIMES-20-01

Descritores em Ciências da Saúde: DeCS. ed. 2017. São Paulo (SP): BIREME/OPAS/OMS. [Internet]. 2017. Disponível em: http://decs.bvsalud.org

Aromataris E, Fernandez R, Godfrey C, Holly C, Kahlil H, Tungpunkom P. Summarizing systematic reviews: methodological development, conduct and reporting of an Umbrella review approach. Int J Evid Based Healthc. 2015;13(3):132-40.

Tufanaru C, Munn Z, Aromataris E, Campbell J, Hopp L. Chapter 3: Systematic reviews of effectiveness. In: Aromataris E, Munn Z (Editors). JBI Manual for Evidence Synthesis. JBI. 2020. Disponível em: https://synthesismanual.jbi.global

Joanna Briggs Institute. JBI Levels of Evidence: Developed by the Joanna Briggs Institute Levels of Evidence and Grades of Recommendation Working Party October 2013. The Joanna Briggs Institute. 2014;1–5. Disponível em: https://jbi.global/sites/default/files/2019-05/JBI-Levels-of-evidence_2014_0.pdf

Wang Y, Zang XY, Bai J, Liu SY, Zhao Y, Zhang Q. Effect of a Health Belief Model-based nursing intervention on Chinese patients with moderate to severe chronic obstructive pulmonary disease: A randomised controlled trial. Journal of Clinical Nursing. 2013 Sep 19;23(9-10):1342–53. Disponível em: https://doi.org/10.1111/jocn.12394

Kargiannakis M, Fitzsimmons DA, Bentley CL, Mountain GA. Does Telehealth Monitoring Identify Exacerbations of Chronic Obstructive Pulmonary Disease and Reduce Hospitalisations? An Analysis of System Data. JMIR Medical Informatics. 2017;5(1):e8. Disponível em: https://doi.org/10.2196/medinform.6359

Xu W, Hu H, Mao Y. Questionnaire Survey-Based Quantitative Assessment of the Impact of Transitional Care on Self-Management of Patients with Acute Exacerbation of Chronic Obstructive Pulmonary Disease. Computational and Mathematical Methods in Medicine. 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1155/2021/3634548

Fitzsimmons DA, Thompson J, Hawley M, Mountain GA. Preventative tele-health supported services for early stage chronic obstructive pulmonary disease: a protocol for a pragmatic randomized controlled trial pilot. Trials. 2011;12:6. Disponível em: https://doi.org/10.1186/1745-6215-12-6

Yang F, Xiong ZF, Yang C, Li L, Qiao G, Wang Y, Zheng T, He H, Hu H. Continuity of Care to Prevent Readmissions for Patients with Chronic Obstructive Pulmonary Disease: A Systematic Review and Meta-Analysis. COPD: Journal of Chronic Obstructive Pulmonary Disease. 2017;14(2):251–261. Disponível em: https://doi.org/10.1080/15412555.2016.1256384

Iupati SPM, Ensor BR. Do community hospice programmes reduce hospitalisation rate in patients with advanced chronic obstructive pulmonary disease? Internal Medicine Journal. 2016;46(3):295–300. Disponível em: https://doi.org/10.1111/imj.12947

Gonzales RIC, Casarin SNA, Caliri MHL, Sassaki CM, Monroe AA, Villa TCS. Gerenciamento de caso: um novo enfoque no cuidado à saúde. Artigos de Revisão. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2013;11(2):227-231. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-11692003000200013

Zander K. Nursing case management in the 21st century: intervening where margin meets mission. Nurs Adm Q. 2002;26(5):58-67. Disponível em: https://doi.org/10.1097/00006216-200210000-00009

Sousa APPA de, Santos CSVB, Ferreira MMRS. Construir a confiança para o parto: avaliação de um programa de intervenção em enfermagem. Revista de Enfermagem Referência. 2019;Série IV - n.º 20 - JAN./FEV./MAR. ISSNe: 2182.2883 | ISSN p: 0874.0283:27-36. Disponível em: https://doi.org/10.12707/RIV18073

Meleis AI, Sawyer LM, Im EO, Hilfinger Messias DK, Schumacher K. Experiencing transitions: an emerging middle-range theory. ANS. Advances in nursing science. 2000;23(1):12–28. Disponível em: https://doi.org/10.1097/00012272-200009000-00006

Swanson JO, Vogt V, Sundmacher L, Hagen TP, Moger TA. Continuity of care and its effect on readmissions for COPD patients: A comparative study of Norway and Germany. Health policy (Amsterdam, Netherlands). 2018;122(7):737–745. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.healthpol.2018.05.013

Ridwan ES, Hadi H, Wu Y-L, Tsai P-S. Effects of Transitional Care on Hospital Readmission and Mortality Rate in Subjects With COPD: A Systematic Review and Meta-Analysis. Respiratory Care. 2019;64(9):1146–1156. Disponível em: https://doi.org/10.4187/respcare.06959

Bamforth RJ, Chhibba R, Ferguson TW, Sabourin J, Pieroni D, Askin N, Tangri N, Komenda P, Rigatto C. Strategies to prevent hospital readmission and death in patients with chronic heart failure, chronic obstructive pulmonary disease, and chronic kidney disease: A systematic review and meta-analysis. PLoS ONE. 2021;16(4):1–26. Disponível em: http://10.0.5.91/journal.pone.0249542

Ordem dos Enfermeiros [OE]. Padrões de Qualidade dos Cuidados de Enfermagem: Enquadramento Conceptual, Enunciados Descritivos. Conselho de Enfermagem. Ordem dos Enfermeiros. 2001. Disponível em: https://www.ordemenfermeiros.pt/media/8903/divulgar-padroes-de-qualidade-dos-cuidados.pdf

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0.

Direitos de Autor (c) 2024 Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação

Downloads

Não há dados estatísticos.

  Acessos ao Resumo    82
   
  PDF   68