[Ahead of Print] A PESSOA SUBMETIDA A ARTROPLASTIA TOTAL DA ANCA POR COXARTROSE
Texto Completo

Descritores

Enfermagem de Reabilitação
Reeducação Funcional Motora
Artroplastia Total da Anca
Coxartrose

Categorias

Como Citar

1.
Dias P, Ferrinho Ferreira R, Messias P. [Ahead of Print] A PESSOA SUBMETIDA A ARTROPLASTIA TOTAL DA ANCA POR COXARTROSE: ESTUDO DE CASO. Rev Port Enf Reab [Internet]. 12 de Setembro de 2021 [citado 24 de Outubro de 2021];. Disponível em: https://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/167

Citações

Dimensions

Resumo

Introdução: As modificações biológicas decorrentes do envelhecimento podem acarretar problemas nas articulações, sendo a coxartrose uma das mais comuns. Decorrente das consequências e do modo como afeta a qualidade de vida das pessoas, a artroplastia total da anca surge como uma solução. Neste sentido, destaca-se a intervenção do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação como o profissional capaz de potenciar a funcionalidade e maximizar a independência da pessoa.

Objetivo: Identificar os benefícios da intervenção do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação, no período pré e pós-operatório de uma pessoa submetida a artroplastia total da anca por coxartrose.

Metodologia: Estudo de caso descritivo único, fundamentado nas guidelines CARE (CAse REport). Implementou-se um programa de reabilitação específico e direcionado para a pessoa em estudo, baseado nos diagnósticos identificados, com particular interesse na Reeducação Funcional Motora.

Resultados: Verificou-se um aumento da força muscular e da amplitude articular no membro intervencionado, melhorias relativas ao equilíbrio corporal e independência na realização das atividades de vida diária e uma diminuição do risco de queda e intensidade da dor.

Conclusão: A capacidade funcional melhorou após intervenção cirúrgica e implementação do programa de enfermagem de reabilitação.

https://doi.org/10.33194/rper.2021.167
Texto Completo

REFERÊNCIAS

Instituto Nacional de Estatística. Projeções de população residente em Portugal. [Site web] Instituto Nacional de Estatística; 2017 [atualizado em 2020; citado em 21 de novembro de 2020]. Disponível em: https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_destaques&DESTAQUESdest_boui=277695619&DESTAQUESmodo=2&xlang=pt

Fernandes MJ. Envelhecimento bem-sucedido: modelo de intervenção da enfermagem. Em: Lopes MA, organizador. O cuidado de enfermagem à pessoa idosa: da investigação à prática. Loures: Lusociência; 2013. p. 3-37.

Sá MC. Cuidados de enfermagem à pessoa com problemas articulares degenerativos. Em: Cruz AG, Conceição VC, Oliveira LM, coordenadores. Enfermagem em ortotraumatologia. Coimbra: Formasau; 2009. p. 253-294.

Parente C, Ângelo M, Tinoco A, Rocha E, Brandão D, Cristina M, Céu M. Artroplastia da anca. Cruz AG, Conceição VC, Oliveira LM, coordenadores. Enfermagem em ortotraumatologia. Coimbra: Formasau; 2009. p. 129-163.

Ordem dos Enfermeiros. Regulamento das competências específicas do enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação. [Site web] Ordem dos Enfermeiros; 2010 [atualizado em 2010; citado em 20 de novembro de 2020]. Disponível em: https://www.ordemenfermeiros.pt/arquivo/legislacao/Documents/LegislacaoOE/RegulamentoCompetenciasReabilitacao_aprovadoAG20Nov2010.pdf

Riley DS, Barber MS, Kienle GS, Aronson JK, Schoen-Angerer T, Tugwell P ... Gagnier JJ. CARE guidelines for case reports: explanation and elaboration document. J Clin Epidemiol. 2017; 89: 218-35. Disponível em: 10.1016/j.jclinepi.2017.04.026.

Conselho Internacional de Enfermeiros. CIPE® Versão 2015 - classificação internacional para a prática de enfermagem. Lusodidacta; 2016.

Ordem dos Enfermeiros. Padrão documental dos cuidados de enfermagem da especialidade de enfermagem de reabilitação. [Site web] Ordem dos Enfermeiros; 2014 [atualizado em 2014; citado em 19 de novembro de 2020]. Disponível em: https://www.ordemenfermeiros.pt/arquivo/colegios/Documents/2015/MCEER_Assembleia/PadraoDocumental_EER.pdf

Santos LL. O processo de reabilitação. Em: Marques-Vieira C, Sousa L, coordenadores. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 15-23.

Sousa L, Marques-Vieira C, Severino S, Caldeira S. Propriedades psicométricas de instrumentos de avaliação para a investigação e prática dos enfermeiros de reabilitação. Em: Marques-Vieira C, Sousa L, coordenadores. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 113-121.

Jennett B, Teasdale G. Glasgow coma scale/score (GCS). [Site web] MDCalc; 2020 [atualizado em 2020; citado em 19 de novembro de 2020]. Disponível em: https://www.mdcalc.com/glasgow-coma-scale-score-gcs#use-cases

Medical Research Council. Aids to the examination of the peripheral nervous system. [Site web] Medical Research Council; 1976 [citado em 19 de novembro de 2020]. Disponível em: https://mrc.ukri.org/documents/pdf/aids-to-the-examination-of-the-peripheral-nervous-system-mrc-memorandum-no-45-superseding-war-memorandum-no-7

Apóstolo JL. Instrumentos para avaliação em geriatria (geriatric instruments). Coimbra: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra; 2012.

Direção-Geral da Saúde. Norma 008/2019 - Prevenção e Intervenção na Queda do Adulto em Cuidados Hospitalares. [Site web] Lisboa: Direção Geral da Saúde; 2019 [atualizado em 2020; citado em 19 de novembro de 2020]. Disponível em: https://normas.dgs.min-saude.pt/wp-content/uploads/2019/12/prevencao-e-intervencao-na-queda-do-adulto-em-cuidados-hospitalares.pdf

Sousa L, Carvalho ML. Pessoa com osteoartrose na anca e joelho em contexto de internamento e ortopedia. Em: Marques-Vieira C, Sousa L, coordenadores. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 405-420.

Direção-Geral da Saúde. A Dor como 5º sinal vital - Registo sistemático da intensidade da dor. [Site web] Lisboa: Direção Geral da Saúde; 2003 [atualizado em 2020; citado em 19 de novembro de 2020]. Disponível em: https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/normas-e-circulares-normativas/circular-normativa-n-9dgcg-de-14062003-pdf.aspx

Sousa L, Carvalho ML. Pessoa com fratura da extremidade superior do fémur. Em: Marques-Vieira C, Sousa L, coordenadores. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 421-431.

Gonçalves LM. Determinantes da capacidade funcional em indivíduos com coxartrose submetidos a ATA. Viseu: Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viseu; 2014 [citado em 22 de novembro de 2020]. Disponível em: https://repositorio.ipv.pt/handle/10400.19/2560

Marques-Vieira C, Caldas AC. A relevância do andar: reabilitar a pessoa com andar comprometido. Em: Marques-Vieira C, Sousa L, coordenadores. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 547-557.

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0.

Direitos de Autor (c) 2021 Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação

Downloads

Não há dados estatísticos.
202 visualizações

eISSN: 2184-3023 | pISSN: 2184-965X         Identificadores:   Crossref logo   Crossref logo      Revisores:    

Indexado em: