Nível de Dispneia, Atividades de Vida Diária e Autocuidado na Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica: Estudo descritivo
PDF

Palavras-chave

Atividades de Vida Diárias
Autocuidado
Dispneia
Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica

Categorias

Como Citar

1.
Machado B, Félix A, Ribeiro C. Nível de Dispneia, Atividades de Vida Diária e Autocuidado na Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica: Estudo descritivo. Rev Port Enf Reab [Internet]. 26 de Abril de 2024 [citado 23 de Junho de 2024];7(1):e364. Disponível em: https://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/364

Citações

Dimensions

Resumo

Introdução: A dispneia é um dos sintomas mais característicos da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica e está diretamente relacionada com a diminuição, na pessoa, da capacidade para o exercício, realização das atividades de vida diária e autocuidado. O presente estudo teve como finalidade aprofundar o conhecimento sobre o nível de dispneia, a capacidade para realização das atividades de vida diária e dependência no autocuidado na pessoa com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica.

Metodologia: Estudo exploratório, de natureza descritiva, transversal, com uma abordagem do tipo quantitativo.

Resultados: A amostra foi constituída por 52 participantes, predominantemente do sexo masculino, com uma média de idade de 72 anos. Quanto ao grau de dispneia, avaliada pela escala da dispneia modificada do Medical Research Council, 76,9% dos participantes referem uma dispneia ? 2. A escala London Chest Activity of Daily Living revela que 55,8% dos participantes apresentam limitações na realização das atividades de vida diária. Pela avaliação do Índice de Barthel, 67,3% da amostra é independente no autocuidado.

Conclusão: Os participantes no estudo apresentam alto nível de dispneia e limitação na realização das atividades de vida diária, porém quando avaliado o grau de autonomia para o autocuidado, a maioria dos participantes é independente. Assim, as intervenções do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação deverão ter como objetivos a otimização das capacidades da pessoa com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, a promoção da sua autonomia e a qualidade de vida, bem como a capacitação para a autogestão da doença.

https://doi.org/10.33194/rper.2024.364
PDF

Referências

Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease (GOLD). Global strategy for the diagnosis, management, and prevention of Chronic Obstructive Pulmonary Disease (2023 report) [Internet]. Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease; 2023 [cited 2022 Nov 21]. Available from: https://goldcopd.org/2023-gold-report-2/

Fundação Portuguesa do Pulmão. Observatório Nacional das Doenças Respiratórias 2022 [Internet]. Fundação Portuguesa do Pulmão; 2022 [cited 2023 Aug 27]. Available from: https://ondr2022.fundacaoportuguesadopulmao.org/

Clari M, Ivziku D, Casciaro R, Matarese M. The unmet needs of people with chronic obstructive pulmonary disease: A systematic review of qualitative findings. COPD: Journal of Chronic Obstructive Pulmonary Disease [Internet]. 2018 Jan 2;15(1):79–88. Available from: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/15412555.2017.1417373

O’Donnell DE, Milne KM, James MD, Torres JP de, Neder JA. Dyspnea in COPD: New mechanistic insights and management implications. Adv Ther [Internet]. 2020 Jan 30 [cited 2023 Jul 28];37(1):41–60. Available from: http://link.springer.com/10.1007/s12325-019-01128-9

Pereira M, Moreira A, Machado P, Padilha J. Impacte da reabilitação respiratória, prescrita por enfermeiros, na capacidade para o autocuidado, na pessoa com DPOC. Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação [Internet]. 2020 Dec 15;3(2):80–5. Available from: https://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/67

Costa G, Santos R, Marinho P. Atividade de vida diária e sintomas depressivos em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica. ConScientiae Saúde. 2017 Dec 28;16(4):402–8.

Newham J, Presseau J, Heslop-Marshall K, Russell S, Ogunbayo O, Netts P, et al. Features of self-management interventions for people with COPD associated with improved health-related quality of life and reduced emergency department visits: a systematic review and meta-analysis. Int J Chron Obstruct Pulmon Dis. 2017 Jun;Volume 12:1705–20.

Simões A, Ferreira P, Dourado M. Medição da autonomia em atividades da vida diária. Portuguese Journal of Public Health [Internet]. 2018 [cited 2022 Nov 24];36(1):9–15. Available from: https://www.karger.com/Article/FullText/492139

Carpes M, Mayer A, Simon K, Jardim J, Garrod R. Versão brasileira da escala London Chest Activity of Daily Living para uso em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica. Jornal Brasileiro de Pneumologia [Internet]. 2008 Mar;34(3):143–51. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-37132008000300004&lng=pt&tlng=pt

Belo L, Rodrigues A, Paes T, Machado F, Schneider L, Vicentin A, et al. Functional status of patients with COPD assessed by London Chest Activity of Daily Living Scale: Gender association and validity of a cutoff point. Lung [Internet]. 2019 Aug 11;197(4):509–16. Available from: http://link.springer.com/10.1007/s00408-019-00235-2

Sequeira C. Cuidar de idosos com dependência física e mental. Lisboa: Lidel; 2010.

Furlanetto K, Pinto I, Sant’Anna T, Hernandes N, Pitta F. Profile of patients with chronic obstructive pulmonary disease classified as physically active and inactive according to different thresholds of physical activity in daily life. Braz J Phys Ther. 2016 Nov 1;20(6):517–24.

Júnior I, Costa C, Souza R, Santos Á, Teixeira P. Influence of pulmonary rehabilitation in patients with COPD exacerbator phenotype. Jornal Brasileiro de Pneumologia. 2020;46(6):e20190309–e20190309.

Sociedade Portuguesa Pneumologia. Sociedade Portuguesa Pneumologia. 2022 [cited 2022 Nov 9]. Saúde Pública: DPOC. Available from: https://www.sppneumologia.pt/saude-publica/dpoc

Toren K, Vikgren J, Olin AC, Rosengren A, Bergström G, Brandberg J. Occupational exposure to vapor, gas, dust, or fumes and chronic airflow limitation, COPD, and emphysema: The swedish cardiopulmonary bioimage study (SCAPIS pilot). Int J Chron Obstruct Pulmon Dis [Internet]. 2017 Nov;Volume 12:3407–13. Available from: https://www.dovepress.com/occupational-exposure-to-vapor-gas-dust-or-fumes-and-chronic-airflow-l-peer-reviewed-article-COPD

Kaptain R, Helle T, Patomella AH, Weinreich U, Kottorp A. New insights into activities of daily living performance in Chronic Obstructive Pulmonary Disease. Int J Chron Obstruct Pulmon Dis. 2021 Jan;Volume 16:1–12.

Dorásio L, Oliveira H de, Neves L, Teixeira I, Cabral L, Oliveira C. Barreiras e facilitadores para o encaminhamento de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica à reabilitação pulmonar e indicação à prática de atividade física: um estudo qualitativo. HU Revista. 2022 May 12;48:1–9.

Silva L, Maricoto T, Simão P, Costa P, Padilha M. Barreiras à referenciação para reabilitação respiratória percebidas pelos médicos de família. In: XXX Congresso de Pneumologia do Norte [Internet]. Porto; 2023 [cited 2023 Feb 25]. Available from: https://www.researchgate.net/publication/369107334_Barreiras_a_referenciacao_para_reabilitacao_respiratoria_percebidas_pelos_medicos_de_familia

Silva L, Maricoto T, Costa P, Berger-Estilita J, Padilha J. A meta-analysis on the structure of pulmonary rehabilitation maintenance programmes on COPD patients’ functional capacity. NPJ Prim Care Respir Med [Internet]. 2022 Oct 3;32(1):38. Available from: https://www.nature.com/articles/s41533-022-00302-x

Cortopassi F, Gurung P, Pinto-Plata V. Chronic Obstructive Pulmonary Disease in elderly patients. Clin Geriatr Med. 2017 Nov;33(4):539–52.

Gulart A, Munari A, Klein S, Venâncio R, Alexandre H, Mayer A. The London Chest Activity of Daily Living scale cut-off point to discriminate functional status in patients with chronic obstructive pulmonary disease. Braz J Phys Ther [Internet]. 2020 May 1;24(3):264–72. Available from: https://linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S1413355518306129

American Lung Association. Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD) [Internet]. 2023 [cited 2023 Jul 28]. Available from: https://www.lung.org/lung-health-diseases/lung-disease-lookup/copd

Araújo F, Ribeiro J, Oliveira A, Pinto C. Validação do Índice de Barthel numa amostra de idosos não institucionalizados. Revista Portuguesa de Saúde Pública [Internet]. 2007 [cited 2022 Nov 9];25(2):59–66. Available from: http://hdl.handle.net/10362/95522

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0.

Direitos de Autor (c) 2024 Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação

Downloads

Não há dados estatísticos.

  Acessos ao Resumo    68
   
  PDF   54