A PESSOA SUBMETIDA A PRÓTESE PARCIAL DA ANCA: RELATO DE CASO
HTML
PDF

Descritores

Enfermagem
Prótese Parcial
Reabilitação
Enfermagem em Reabilitação

Categorias

Como Citar

1.
Teixeira H, Palma M, Vieira JV, Bule MJ. A PESSOA SUBMETIDA A PRÓTESE PARCIAL DA ANCA: RELATO DE CASO. Rev Port Enf Reab [Internet]. 30 de Junho de 2021 [citado 5 de Dezembro de 2021];4(1):47-55. Disponível em: https://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/163

Citações

Dimensions

Resumo

Introdução: A fratura do fémur é um traumatismo que ocorre, frequentemente, em consequência de queda, sobretudo nos idosos. O enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação é um profissional com competências que visam a restituição da funcionalidade, a minimização da incapacidade e dependência e o aumento da autonomia e da qualidade de vida.

Objetivo: Identificar os ganhos de um programa de reabilitação dirigido à pessoa submetida a prótese parcial da anca no internamento em Unidade de Convalescença.

Método: Estudo de caso descritivo de acordo com as guidelines da CAse REport (CARE). Após identificação das alterações músculo-esqueléticas, da funcionalidade e da definição dos diagnósticos, foi implementado um programa de reabilitação individualizado e dirigido aos objetivos e aos diagnósticos, destacando-se as intervenções de reeducação funcional motora e o treino de atividades de vida diárias.

Resultados: Comprovou-se o aumento da força muscular dos membros inferiores e superiores, o aumento da amplitude articular das articulações dos membros inferiores, a melhoria no autocuidado andar com auxiliar de marcha e transferir-se e a diminuição do risco de queda.

Conclusões: Os resultados revelam efetividade das intervenções de enfermagem de reabilitação na pessoa submetida a prótese parcial da anca, ao nível da força e amplitude de movimentos e na execução e intensidade da marcha.

https://doi.org/10.33194/rper.2021.v4.n1.163
HTML
PDF

REFERÊNCIAS

1. Instituto Nacional de Estatística. Estatísticas da Saúde-2019. Lisboa: INE; 2021. Disponível em:

https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes&PUBLICACOESpub_boui=257483090&PUBLICACOESmodo=2

2. Portuguese Arthroplasty Register. Hospitais/Estatísticas 2021. Disponível em:

http://www.rpa.spot.pt/Main-Sections/Hospitals.aspx?ArsId=4.

3. Instituto Nacional de Estatística. Causas de morte 2015. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística; 2017.

4. Fernandes JB, Sá MCL, Nabais, ASC. Intervenções do Enfermeiro de Reabilitação que Previnem a Ocorrência de Quedas na Pessoa Idosa: Revisão Scoping. RPER. 2020; 3(1): 57-63. Disponível em: 10.33194/rper.2020.v3.n1.7.5761

5. Direção Geral da Saúde. Programa nacional de prevenção de acidentes 2010-2016; 2010 [Consultado a 22/11/2020]. Disponível em: https://www.dgs.pt/ficheiros-de-upload-3/dast-programa-nacional-de-prevencao-de-acidentes-pdf.aspx.

6. Sousa L., Carvalho ML. Pessoa com Fratura da Extremidade Superior do Fémur. In Marques-Vieira C, Sousa L, Eds. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 421-431.

7. Andrade SR, Ruoff AB, Piccoli T, Schmitt MD, Ferreira A, Xavier AC. O estudo de caso como método de pesquisa em enfermagem: uma revisão integrativa. Texto Contexto Enferm. 2017; 26(4): 1-12. Disponível em: 10.1590/0104-07072017005360016.

8. Raposo P, Sousa L. Intervenção do Enfermeiro Especialista em Reabilitação na Dispneia da Pessoa com COVID-19: Relato de Caso. RPER. 2020; 3(s2). 5-15. Disponível em: 10.33194/rper.2020.v3.s2.1.5773.

9. Riley DS, Barber MS, Kienle GS, Aronson JK, Schoen-Angerer T, Tugwell P ... Gagnier JJ. CARE guidelines for case reports: explanation and elaboration document. J Clin Epidemiol. 2017; 89: 218-235. Disponível em: 10.1016/j.jclinepi.2017.04.026.

10. Ordem dos Enfermeiros. Enfermagem de Reabilitação – Instrumentos de recolha de dados para a documentação dos Cuidados Especializados em Enfermagem de Reabilitação. 2016. Disponível em:

https://www.ordemenfermeiros.pt/arquivo/colegios/Documents/2017/InstRecolhaDadosDocumentacaoCuidEnfReabilitacao_Final_2017.pdf.

11. Morgado J, Rocha CS, Maruta C, Guerreiro M, Martins IP. Novos valores normativos do Mini-Mental State Examination. Sinapse. 2009. P. 9-16. Disponível em:

http://www.spneurologia.com/index.php?option=com_docman&task=cat_view&gid=71&Itemid=56

12. International Council of Nurses. ICNP Browser. 2019. Disponível em: https://www.icn.ch/what-we-do/projects/ehealth-icnptm/icnp-browser

13. Ordem dos Enfermeiros. Padrão documental dos cuidados de enfermagem da especialidade de enfermagem de reabilitação. Porto: Mesa do Colégio da Especialidade de Enfermagem de Reabilitação; 2015. Disponível em:

https://www.ordemenfermeiros.pt/arquivo/colegios/Documents/2015/MCEER_Assembleia/PadraoDocumental_EER.pdf.

14. Parente C, Ângelo M, Tinoco A, Rocha E, Brandão D, Cristina M, Céu M. Artroplastia da Anca. In Cruz A, Conceição V, Oliveira L, Eds. Enfermagem em Ortotraumatologia. Coimbra: Formasau; 2009. p. 129-164.

15. Varanda E, Rodrigues C. Avaliação da Pessoa com Alterações da Função Cognitiva: Avaliar para Reeducar e Readaptar. In Marques-Vieira C, Sousa L, Eds. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 145-157.

16. Chainça L, Rebelo O, Almeida T. Fraturas do Terço Superior do Fémur. In Cruz A, Conceição V, Oliveira L, Eds. Enfermagem em Ortotraumatologia. Coimbra: Formasau; 2009. p. 186-203.

17. Vigia C, Ferreira C, Sousa L. Treino de Atividades de Vida Diária. In Marques-Vieira C, Sousa L, Eds. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 351-363.

18. Marques-Vieira C, Caldas A. A Relevância do Andar: Reabilitar a Pessoa Com Andar Comprometido. In Marques-Vieira C, Sousa L, Eds. Cuidados de enfermagem de reabilitação à pessoa ao longo da vida. Loures: Lusodidacta; 2016. p. 547-557.

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0.

Direitos de Autor (c) 2021 Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação

Downloads

Não há dados estatísticos.
241 visualizações

eISSN: 2184-3023 | pISSN: 2184-965X         Identificadores:   Crossref logo   Crossref logo      Revisores:    

Indexado em: