Mídias sociais, em tempos de pandemia, para o compartilhamento de conhecimentos de Enfermagem de Reabilitação
PDF
HTML

Descritores

enfermagem de reabilitação
mídias sociais
internet
pandemias

Categorias

Como Citar

1.
Rocha da Silva K, Amorim Zuchetto M, Neves da Silva Bampi L, Dornelles Schoeller S. Mídias sociais, em tempos de pandemia, para o compartilhamento de conhecimentos de Enfermagem de Reabilitação. Rev Port Enf Reab [Internet]. 17 de Novembro de 2020 [citado 8 de Dezembro de 2022];3(Sup 2):34-41. Disponível em: https://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/78

Citações

Dimensions

Resumo

A Pandemia tem gerado a necessidade de reinventar a maneira de compartilhar conhecimentos, isto posto, as mídias sociais se configuram como uma alternativa para proporcionar disseminação de saberes, visando reduzir as barreiras que obstaculizam a valorização da enfermagem de reabilitação no contexto brasileiro. O estudo objetiva compreender o impacto do uso da mídia social, em tempos de pandemia, como instrumento para compartilhar conhecimentos sobre enfermagem, saúde e reabilitação.

O método de Análise Exploratória de Redes Sociais permite a definição, manipulação, determinação de características estruturais e inspeção visual da mídia social.

Os resultados expressam que a mídia digital impacta no compartilhamento de conhecimentos, desafiando o distanciamento social e o cenário de tristeza mundial.

Concluímos que a enfermagem necessita reabilitar-se para o futuro da saúde e da tecnologia, abrindo suas reflexões sobre cuidado com o olhar digital e acessível.

https://doi.org/10.33194/rper.2020.v3.s2.5.5786
PDF
HTML

REFERÊNCIAS

Lima MJ. O que é enfermagem. [São Paulo]: Editora basiliense; 2017. 105 p.

Geovanini T, et al. História da enfermagem: Versões e Interpretações. 4th ed. Rio de JAneiro: Thieme Revinter; 2017. 105 p. 470 vol.

Fernandes C. S., et al. Produção de conhecimento em enfermagem de reabilitação portuguesa : scoping review. Jornal Health NPEPS [Internet]. 2019 Jan 01 [cited 2020 May 27];Artigos de Revisão:282-301. DOI http://dx.doi.org/10.30681/252610103378. Available from: https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/3378

Salvage J. Uma nova história da enfermagem. Rev Enferm Ref [Internet]. 2018;IV(17):3-12. Recuperado de: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=388256983001

Areosa SVC., Gaedkeo MA. A pandemia da COVID-19, o isolamento social e as revistas científicas. J Infect Control [Internet]. 2020 May 03 [cited 2020 May 27];Cartas ao editor: 1-2.Available from: http://www.jic-abih.com.br/index.php/jic/article/view/299/pdf

Mauch AGD, et al. A utilização das redes sociais digitais no cuidado psicossocial infantojuvenil, diante da pandemia por Covid-19. Health Residences J [Internet]. 2020 May 24 [cited 2020 May 28];1:41-61. Available from: https://escsresidencias.emnuvens.com.br/hrj/article/view/34

Medeiros EAS. A luta dos profissionais de saúde no enfrentamento da COVID-19. Acta paul. enferm. [Internet]. 2020 [cited 2020 May 28] ; 33: e-EDT20200003. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002020000100202&lng=en. Epub May 11, 2020. https://doi.org/10.37689/acta-ape/2020edt0003.

Nooy W, Mrvar A, Batagelj V. Exploratory network analysis with Pajek. Cambridge: Cambridge University Press, 2005.

Sacerdote HCS, Sampaio RB, Gonçalves MDP, Fernandes JHC. Utilização dos métodos de análise de redes sociais na avaliação das interações sociais em um ambiente virtual de aprendizagem. Int. J. Knowl. Eng. Manage. 2015 Out; 9(4): 108-128.

Ferreira TR, Silva ZKA, Neto JDP, Silva JMO. Redes sociais na comunicação científica. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina. 2019 Nov; 24(1):564-577.

Baptista RS, Brito TDLV, Braun LL, Tenório JM, Pisa IT. Colaboração acadêmica em informática em saúde baseada em análise de redes sociais. J. Health Inform. 2019 Nov; 11(4): 99-104.

Xavier F, Olenscki Jrw, Acosta Al, Sallum Mam, Saraiva Am. Análise de redes sociais como estratégia de apoio à vigilância em saúde durante a Covid-19. Estud. av [Internet]. 2020 [cited 2020 Nov 13];34(99):261-282. Available from: https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.3499.016

Miller D, et al. Como o Mundo Mudou as Mídias Sociais? [Internet]. [place unknown]: UCL Press; 2019 [cited 2020 May 29]. 306 p. DOI https://doi.org/10.14324/111.9781787356542. Available from: www.ucl.ac.uk/ucl-press

Cintra MM, et al. Análise da acessibilidade, acessos e certificações das informações de um fórum virtual de saúde. Rev Port Enferm Reabil [Internet]. 2019 [cited 2020 Jun 1];2:12-20. DOI 10.33194/rper.2019.v2.n2.02.4538. Available from: https://www.aper.pt/ficheiros/revista/RPERv2n2.pdf

Figueiredo NMA, Machado WCA, Martins MM. Reabilitação: Nômades em busca de sentido para o cuidado da pessoa com deficiência adquirida. Editora CRV. 2018; 1(1) 320p. DOI 10.24824/978854442210.6. Available from: researchgate.net/publication/323090925_Reabilitacao_nomades_em_busca_de_sentido_para_o_cuidado_da_pessoa_com_deficiencia_adquirida

Martins MM, Ribeiro O, Silva JV. O contributo dos enfermeiros especialistas em enfermagem de reabilitação para a qualidade dos cuidados.. Rev Port Enferm Reabil [Internet]. 2018 [cited 2020 Jun 1];1:22-30. Available from: https://www.aper.pt/ficheiros/revista/rperv1n1.pdf

Schoeller SD, et al. Breve panorama mundial da enfermagem de reabilitação. Rev Port Enferm Reabil [Internet]. 2018 [cited 2020 Jun 1];1:6-13. Available from: https://www.aper.pt/ficheiros/revista/rperv1n1.pdf

Pereira RS, et al. A intervenção do enfermeiro de reabilitação na promoção da acessibilidade. Rev Port Enferm Reabil [Internet]. 2018 [cited 2020 Jun 1];1:66-73. Available from: https://www.aper.pt/Ficheiros/Revista/RPERV1N2.pdf

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0.

Direitos de Autor (c) 2020 Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação

Downloads

Não há dados estatísticos.

  Acessos ao Resumo    725
   
  PDF   326
 
  HTML   7