Reabilitação respiratória em pessoas com doença pulmonar obstrutiva crónica – Protocolo de estudo
PDF

Descritores

Enfermagem de Reabilitação, Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, Programa de Reabilitação Respiratória

Categorias

Como Citar

1.
Claro Casado SA, Cordeiro Felgueiras SC, Castilho Rodrigues UJ, Rodrigues Mendes ME, Romão Preto LS, Morais Pinto Novo AF. Reabilitação respiratória em pessoas com doença pulmonar obstrutiva crónica – Protocolo de estudo. Rev Port Enf Reab [Internet]. 15 de Maio de 2022 [citado 8 de Dezembro de 2022];5(2). Disponível em: https://rper.aper.pt/index.php/rper/article/view/197

Citações

Dimensions

Resumo

Introdução: A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica é uma das principais causas de morbilidade e mortalidade em todo o mundo, com peso económico e social importante e crescente. Os benefícios da Reabilitação Respiratória (RR) incluem um melhor controlo de dispneia e melhorias importantes na capacidade de exercício e qualidade de vida relacionada com a saúde. O objetivo geral deste estudo é avaliar o impacto da implementação de um programa de Reabilitação Respiratória em pessoas com DPOC em Ambulatório e com Follow-up no Domicílio.

Metodologia: Estudo quasi-experimental de grupo único, de caráter descritivo e correlacional. Os participantes serão alvo de sessões de RR 3 vezes por semana num total de 36 sessões, no Centro de Saúde da área de residência e em teleconsulta, em esquema previamente definido. Serão efetuadas avaliações no início da intervenção, à 18ª e à 36ª sessões e 6 e 12 semanas depois da 36ª sessão. Ao longo das sessões de RR serão desenvolvidos planos de exercício físico, ensino sobre fatores exacerbantes e controlo dos fatores de risco, técnicas de reeducação funcional respiratória e treino de inaloterapia. Será fornecido aos participantes um plano personalizado para ser implementado no seu domicílio, com monitorização por teleconsulta após o término do programa de RR (12ª semana).

Resultados esperados: Pretende-se obter melhorias clínica e estatisticamente significativas na capacidade para o desempenho das AVD, na qualidade de vida, na gestão dos sintomas e do regime terapêutico, na capacidade para a marcha e na redução dos custos associados às exacerbações. Pretende-se, ainda, verificar se existem diferenças significativas entre as duas modalidades de implementação do programa.

Conclusão: Através da intervenção planeada, prevê-se chegar ao final de 2023 com dados que permitam otimizar a resposta às necessidades das pessoas com DPOC no distrito de Bragança e evidenciar a mais-valia da intervenção especializada em Enfermagem de Reabilitação nos Cuidados de Saúde Primários.

https://doi.org/10.33194/rper.2022.197
PDF

REFERÊNCIAS

Instituto Nacional de Estatística. Estatísticas da Saúde 2018. Lisboa; 2020. 342 p.

Fundação Portuguesa do Pulmão. Observatório Nacional das Doenças Respiratórias 2020. 2020.

Vaes AW, Delbressine JML, Mesquita R, Goertz YMJ, Janssen DJA, Nakken N, et al. Impact of pulmonary rehabilitation on activities of daily living in patients with chronic obstructive pulmonary disease. J Appl Physiol. 2019 Mar 1;126(3):607–15. Available from: https://doi.org/10.1152/japplphysiol.00790.2018

Benz E, Trajanoska K, Lahousse L, Schoufour JD, Terzikhan N, De Roos E, et al. Sarcopenia in COPD: a systematic review and meta-analysis. Eur Respir Rev. 2019 Dec 31;28(154):190049. Available from: https://doi.org/10.1183/16000617.0049-2019

Adami A, Corvino RB, Calmelta RA, Porszasz J, Casaburi R, Rossiter HB. Muscle Oxidative Capacity Is Reduced in Both Upper and Lower Limbs in COPD. Med Sci Sport Exerc. 2020 Oct;52(10):2061–8. Available from: https://doi.org/10.1249/MSS.0000000000002364

Calik-Kutukcu E, Arikan H, Saglam M, Vardar-Yagli N, Oksuz C, Inal-Ince D, et al. Arm strength training improves activities of daily living and occupational performance in patients with COPD. Clin Respir J. 2017 Nov;11(6):820–32. Available from: https://doi.org/10.1111/crj.12422

Erhabor GE, Adeniyi B, Arawomo AO, Akinwalere O, Adetona G, Fagbohun FT, et al. Acute Exacerbation of COPD: Clinical Perspectives and Literature Review. West Afr J Med. 2021 Nov 30;Vol. 38(11):1129–42.

Direção Geral da Saúde. Ensino e Avaliação da Técnica Inalatória na Asma. Orientação no 010/2017 de 26/06/2017. 2017.

Zeng Y, Jiang F, Chen Y, Chen P, Cai S. Exercise assessments and trainings of pulmonary rehabilitation in COPD: a literature review. Int J Chron Obstruct Pulmon Dis. 2018 Jun;Volume 13:2013–23. Available from: https://doi.org/10.2147/COPD.S167098

Direção Geral da Saúde. Programas de Reabilitação Respiratória nos Cuidados de Saúde Primários. Orientação no 014/2019 de 07/08/2019. 2019. p. 30.

Ministério da Saúde. Diário da República, 2.a série — N.o 92 — 12 de maio de 2016. Despacho n.o 6300/2016. 2016.

Direção Geral da Saúde. Orientações técnicas sobre reabilitação respiratória na doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC): circular normativa n. o 40A/DSPCD, de 27/10/2009. DGS Lisboa; 2009.

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0.

Direitos de Autor (c) 2021 Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação

Downloads

Não há dados estatísticos.

  Acessos ao Resumo    302
   
  PDF   201